Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, sexta, 16 de novembro de 2018

Engenhão

Botafogo passa pelo Náutico e vence a terceira seguida

9 SET 2012Por terra17h:27

A dupla Elkeson-Andrezinho brilhou na tarde deste domingo e foi fundamental para a vitória do Botafogo no Engenhão, em partida válida pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com dois gols do camisa 9 improvisado e um do meia, o time carioca superou o Náutico por 3 a 1 e agora torce contra o Vasco para se aproximar dos classificados à Libertadores.

O resultado leva o clube alvinegro aos 37 pontos, encostando no G-4 da competição. A derrota deixa o time pernambucano com os mesmos 28 pontos que iniciou a rodada, que ainda o mantém afastado da zona de rebaixamento.

Na 24ª rodada, o Botafogo recebe novamente no Engenhão o Internacional, rival direto por uma vaga na Copa Libertadores. O Náutico, por sua vez, viaja ao Rio Grande do Sul para encarar o Grêmio, que visa se recuperar no Brasileiro após derrota para o Corinthians.

Aos 54 segundos de jogo, Andrezinho avançou pela ponta direita, centrou para a área e Elkeson deu um lindo toque de letra, sem chances para Gideão. Superior em campo, o Botafogo dominou a partida, mas demorou até marcar seu segundo gol.

Andrezinho enfiou para Elkeson que fintou Jean Rolt e colocou à direita do goleiro do Náutico para ampliar a vantagem aos 34min. Na primeira oportunidade que teve para chegar ao ataque após o segundo gol sofrido, o clube pernambucano por pouco não diminuiu a desvantagem.

No retorno aos vestiários, o Náutico demonstrou uma postura ofensiva, buscando reverter o placar contrário. A atitude deu resultado aos 8min, quando Souza recebeu na grande área e foi derrubado. Jailson Macedo de Freitas assinalou o pênalti, cobrado precisamente Araújo.

O Náutico por pouco não empatou o duelo nos dez minutos finais, durante os quais conseguiu acuar o Botafogo e só não igualou o marcador por ter se precipitado nas finalizações. Nos acréscimos, Andrezinho recebeu de Seedorf e bateu cruzado, contando com a ajuda de Gideão para fechar o placar.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também