Campo Grande - MS, terça, 21 de agosto de 2018

SEM PARTIDO

Bornhausen anuncia que sai do DEM

6 MAI 2011Por FOLHA ONLINE10h:55

O presidente de honra do Partido dos Democratas (DEM), Jorge Bornhausen (SC), declarou hoje que está deixando a legenda. Ele afirmou, porém, que seu destino não será o PSD, partido idealizado pelo prefeito de São Paulo Gilberto Kassab.
O ex-senador por Santa Catarina garantiu que, por enquanto, fica sem partido.

"Vou me desfiliar, mas não tenho razão para continuar participando da atividade partidária", disse.

A declaração de Bornhausen foi feita durante uma palestra do vice-presidente Michel Temer sobre reforma política, organizada pela Associação Comercial de São Paulo, em um hotel na capital paulista. O prefeito Kassab também estava presente no evento.

Aos 73 anos, o advogado anunciou que deixa o PFL (Partido da Frente Liberal, atual DEM), partido que ajudou a fundar, em 1985. Pela legenda, ele ocupou o cargo de senador por Santa Catarina entre 1999 e 2007. Antes disso, havia sido eleito ao Senado pelo PDS (Partido Democrático Social), entre 1983 e 1991.

Bornhausen também foi governador de Santa Catarina entre 1979 e 1982, ministro da Educação em 1986 e 1987 e embaixador do Brasil em Portugal, durante os primeiros quatro anos do governo de Fernando Henrique Cardoso.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também