Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

PREVENÇÃO

Bombeiros orientam banhistas sobre como evitar afogamentos no Carnaval

Bombeiros orientam banhistas sobre como evitar afogamentos no Carnaval
27/02/2014 14:45 - Gabriel Maymone


Se você já está arrumando as malas para aproveitar o feriado de Carnaval em algum balneário ou rio do Estado fique atento a essas dicas do Corpo de Bombeiros Militar para evitar afogamento.

O comandante geral da Corporação, coronel Ociel Ortiz faz uma série de recomendações para diminuir os riscos:

- Nunca entrar em lugares desconhecidos;

- Usar colete salva-vidas

- Só entrar em embarcações que tenham profissionais habilitados

- Procurar um local conhecido por você ou por outra pessoa, desde que ela o acompanhe;

- Não ultrapassar faixas e placas de avisos;

- Não entrar em locais onde há avisos de perigo de morte ou em águas poluídas;

- Procurar sempre local onde exista a presença de guarda-vidas ou corpo de bombeiros;

- Evitar nadar sozinho;

- Não tomar bebida alcoólica antes de entrar na água;

- Não se afastar da margem;

- Não saltar em locais elevados para dentro da água;

- Não tentar salvar pessoas em afogamento sem estar habilitado, é preferível lançar flutuadores ao invés da ação corpo a corpo;

- Identificar nas proximidades a existência do salva-vidas e permanecer próximo a ele;

- Evitar brincadeiras de mau gosto como caldos, trotes, saltos;

- Não deixar crianças sozinhas;

- Evitar navegar com carga em excesso

- Sempre acatar as orientações dos bombeiros ou dos salva-vidas. 

Os locais considerados mais perigosos para os banhistas são: o rio Taquari, na região de Coxim, o rio Aquidauana e o rio Paraguai, principalmente na região de Corumbá. 

Agora é só seguir estar orientações e aproveitar!

Felpuda


Figurinha começou a respirar aliviada, embora ainda esteja na corda bamba. Isso porque mudou de mãos o processo cuja sentença poderá mandá-la para casa definitivamente. Assim, pela “jurisprudência” com a qual o “analista” é conhecido, pode ser que o resultado seja bastante favorável, permitindo que a então desesperada pessoa continue com o assento em Brasília. Vamos ver!