Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

CASO BRUNO

Bombeiros começam escavações em busca do corpo de Eliza

28 AGO 12 - 14h:52g1

O Corpo de Bombeiros e a perícia da Polícia Civil, além de policiais, estão no sítio que era do goleiro Bruno Fernandes, em um condomínio de Esmeraldas, próximo a Belo Horizonte, na tarde desta terça-feira (28) para começar uma nova busca ao corpo de Eliza Samudio. Uma denúncia anônima ao Disque Denúncia na noite desta segunda-feira (27) disse que uma ossada estava entre palmeiras, na entrada da propriedade.

A escavação é feita com picaretas, no ponto indicado pelo denunciante. O advogado do novo dono do sítio, Rodrigo Miranda, disse ao G1 que a autorização para escavação foi dada pelo seu cliente. O defensor ainda disse que as informações da denúncia são vagas quanto à exatidão do local onde estaria o corpo.

Agentes da Polícia Militar (PM), da Polícia Civil e do Corpo de Bombeiros estiveram no condomínio do sítio que pertencia ao goleiro Bruno Fernandes na noite desta segunda-feira (27) após a denúncia, mas não puderam entrar pela falta de mandado de busca de apreensão.

Eliza Samudio era amante do jogador e, segundo denúncia do Ministério Público de Minas Gerais, foi morta no sítio. 

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Processo seletivo para entrevistador social vai contratar 50 profissionais
ASSISTÊNCIA SOCIAL

Processo seletivo para entrevistador social vai contratar 50 profissionais

Dinheiro do FGTS serve para aliviar dívidas no fim do ano
Pagamento FGTS

Dinheiro do FGTS serve para aliviar dívidas no fim do ano

'Síndrome do idoso' frágil é uma das doenças alegadas pela defesa para tirar Name de presídio
MILÍCIA NA CADEIA

'Síndrome do idoso' frágil é uma das doenças alegadas para tirar Name de presídio

Juiz é alvo de operação do Gaeco contra venda de sentença
CORRUPÇÃO

Juiz é alvo de operação do Gaeco contra venda de sentença

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião