Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, domingo, 16 de dezembro de 2018

CARNAVAL

Bombeiros alertam para riscos de afogamentos

5 MAR 2011Por DA REDAÇÃO00h:02

O Corpo de Bombeiros alerta a população para que tenha mais cuidado durante banhos em rios, lagos e piscinas neste feriado de carnaval e assim evitar risco de afogamento. Na Capital foi registrado no ano passado um total de 12 ocorrências e desde o mês de janeiro de 2011 até agora já são três afogamentos.

De acordo com os bombeiros, os locais considerados mais perigosos para banhos são os rios Taquari, na região de Coxim, o rio Aquidauana e o rio Paraguai, principalmente na região de Corumbá. Nestas áreas são mais frequentes as ocorrências de afogamento, por isso são consideradas regiões perigosas.

Dicas de segurança

Para se divertir em piscinas sem grandes preocupações a dica dos bombeiros é que as pessoas utilizem apenas clubes com o certificado de vistoria regularizado e em dia. A certificação tem validade de um ano. Outro cuidado a ser observado é a presença de pelo menos dois salva-vidas a cada 500 metros quadrados de água - exigência prevista na legislação. É desaconselhável nadar sozinho porque pode acontecer alguma cãibra ou cansaço que provoque perda de força e consequentemente o afogamento.

Em rios o risco é maior por causa da força da correnteza e também pela profundidade. A dica é que crianças entrem só em rios rasos e acompanhados de responsáveis maiores de idade e que saibam nadar. Os pequenos também devem estar equipados com bóias ou flutuadores que garantam ainda mais a segurança. Também é importante não sair das margens do rio, onde é mais seguro.

Brincadeiras como “caldos”, “trotes” ou “saltos” devem ser evitadas porque a profundidade de um rio ou de uma piscina pode ser pequena e saltos podem machucar ou contribuir para um possível afogamento.








 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também