Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

SALVAMENTO

Bombeiro é promovido por bravura

Bombeiro é promovido por bravura
15/07/2012 16:15 - DA REDAÇÃO


O soldado bombeiro militar Roberto Alexandre Costa, da cidade de Bataguassu, foi promovido à graduação de cabo. Ele ficou conhecido por ter pulado da ponte sobre o Rio Paraná no ano de 2011, quando uma mulher tentou o suicídio jogando-se no rio, na divisa entre os Estados de Mato Grosso do Sul e São Paulo.

Na ocasião, a vítima estava atravessando problemas de caráter pessoal. Ela pegou um táxi, foi até a metade da ponte Maurício Joppert e se pendurou na grade de segurança, na divisa dos estados. O trânsito foi interrompido pela polícia rodoviária e vários órgãos se mobilizaram para o resgate.

Apesar da negociação, uma hora após ter chegada ao local,  a mulherse jogou nas águas do Rio Paraná. Neste momento, o bombeiro A. Costa pulou em seguida com apenas um colete e, quando alcançou a vítima, passou o colete a ela, ficando à deriva. Era madrugada de inverno e as embarcações de resgate não conseguiam localizar os dois. Em torno de 40 minutos depois, ambos foram resgatados pelo barco do Corpo de Bombeiros.

Em todo esse tempo, ele ficou flutuando ao lado da vítima, dando amparo até a chegada do resgate. Os dois foram encaminhados para o Hospital de Presidente Epitácio, em São Paulo. A mulher estava bem e o bombeiro apresentava câimbras e hipotermia.

Felpuda


O desgaste de antigas lideranças nacionais, com reflexo em nível local, é a maior preocupação dos dirigentes de partidos para as eleições deste ano, que terá reflexo em 2022. Em épocas passadas, essas figurinhas cruzavam os céus do País para visitarem os municípios e pedirem que a população votasse em seus ungidos. Agora, com pendências judiciais e poder enfraquecido, dificilmente seriam convidadas. A pandemia, que resultou no isolamento social, foi a pá de cal.