Sábado, 24 de Fevereiro de 2018

FEDERAL

Bombeiro acusado de tramar morte de juízes tem bens sequestrados pela Justiça

4 FEV 2011Por VIVIANNE NUNES21h:07

O bombeiro Ales Marques preso por tráfico internacional de drogas e armas e acusado de tramar a morte de juizes federais em Mato Grosso do Sul possui processos em Ponta Porã e Campo Grande por lavagem de dinheiro. Por decisão da 3ª Vara federal de Campo Grande foram sequestrados 18 cavalos de raça já leiloados pela Justiça, três casas, nove terrenos urbanos, quatro veículos, três motos e um trator. A Justiça Federal ainda não tem o valor oficial de todos os bens mas sabe que apenas uma das casas, situada à Rua Delegado Alfredo Haitiman, 1000, no bairro Paulo Coelho Machado está cotada em R$ 800 mil.

Marques está detido no Presídio Militar Estadual e na tarde desta sexta-feira o Ministério Público Federal (MPF) entrou com pedido para a transferência do acusado para uma unidade Federal fora do Estado, já que, conforme denúncia aponta que ele circula fora do presídio na companhia de oficiais e utiliza o telefone celular normalmente.

Leia Também