Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, quinta, 15 de novembro de 2018

Bomba explode em Damasco próximo a hotel no qual ficam integrantes da ONU

15 AGO 2012Por agência brasil07h:38

Na véspera da reunião do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU), uma bomba explodiu em Damasco, na Síria, nas imediações do Hotel Dama Rosa, no qual costumam ficar integrantes da Missão de Observação da ONU. Três pessoas ficaram feridas. A onda de violência na Síria dura 17 meses e matou mais de 20 mil pessoas.

A explosão ocorreu perto de um depósito militar. Pelas investigações preliminares, a bomba foi colocada em um caminhão de combustível e acionada quando o veículo foi ligado. Várias ambulâncias foram para o local e as autoridades estabeleceram um cordão de segurança para impedir o acesso de pessoas.

Oficialmente, as autoridades sírias dizem que a bomba foi colocada por integrantes de grupos terroristas que tentam desestabilizar o governo do presidente Bashar Al Assad. Por enquanto, não houve reivindicação de responsabilidades pelo ataque. Damasco tem sido alvo de atentados que mataram centenas de pessoas. O último ocorreu no mês passado, na sede da segurança nacional, matando três integrantes do governo Assad.

A explosão ocorreu um dia antes da reunião do Conselho de Segurança que discute a proposta do secretário geral da ONU, Ban Ki-moon, de manter a presença efetiva e flexível de observadores na região. A ideia é que a comunidade internacional possa acompanhar a evolução da crise na Síria, uma vez que o governo mantém o país fechado à presença de estrangeiros.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também