Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

sexta, 22 de fevereiro de 2019 - 11h29min

Bolsa sobe e dólar recua para R$ 1,79

30 MAR 10 - 23h:12
O Ibovespa, principal índice de ações da Bolsa paulista, teve leve alta de 0,03% ontem no fechamento, aos 69.959 pontos. O giro financeiro foi de 5,47 bilhões. A Bolsa de Nova York fechou em acréscimo de 0,11%. “Todo o mercado está com esse número (70 mil pontos) na cabeça. Pode ser 70.300 ou 70.500, mas está muito próximo desse nível. A questão é que estão faltando notícias mais consistentes, ou indicadores, que justifiquem um movimento mais forte”, avalia Expedito Araújo, da mesa de operações da corretora Alpes.

Por seu “peso” no mercado doméstico, a ação da Petrobras restringiu, mais uma vez, qualquer recuperação mais acentuada. Investidores ainda temem e aguardam novidades sobre o processo de capitalização da estatal do petróleo. Essas dúvidas têm travado os negócios com o papel desde pelo menos a segunda metade de 2009. Hoje, o diretor-financeiro Almir Barbassa declarou que a empresa conta com a aprovação no Congresso para o plano de capitalização até maio, e a conclusão da operação até julho.
A ação preferencial teve queda de 0,22% e foi alvo de R$ 432 milhões em negócios. Com um giro de R$ 564 milhões, a ação da Vale subiu 0,18%.

Dólar
O dólar comercial foi vendido por R$ 1,795, em queda de 0,22%. A taxa de risco-país marca 180 pontos, número 0,55% abaixo da pontuação anterior.
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Morador do Vila Alba reclama de cano estourado há mais de um mês
TRANSTORNOS

Morador do Vila Alba reclama de cano estourado há mais de um mês

CAMPO GRANDE

Após cometer roubos no bairro Caiobá, homem morre em confronto com a PM

Ele tinha passagens por homicídio, tráfico de drogas e roubo
Em tratamento contra a dengue, menina precisa de doação de plaquetas
SOLIDARIEDADE

Menina precisa de doação de sangue e plaquetas

Smartphone tem diferença  de preço de até R$ 550 na Capital
PESQUISA

Smartphone tem diferença de preço de até R$ 550 na Capital

Mais Lidas