Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CORUMBÁ

Blocos Águia da Vila e Clube dos Sem são campeões

Blocos Águia da Vila e Clube dos Sem são campeões
05/03/2014 18:10 - DA REDAÇÃO


Águia da Vila e o Clube dos Sem foram os grandes campeões da Librocc (Liga Independente dos Blocos Carnavalescos de Corumbá) em 2014. As duas agremiações conquistaram nota 10 nos quesitos Melodia, Evolução e Bateria e um 10 e um 9.9 na Harmonia. As duas entidades também ficaram iguais em todos os critérios de desempate e dividiram a primeira colocação.

Empate também no segundo lugar, dividido entre o Bola Preta e Nação Zumbi. Na disputa da terceira colocação, nova igualdade, mas dessa vez resolvida no desempate. O Vitória Régia ficou com o troféu porque teve melhor desempenho no quesito Harmonia. A apuração foi realizada na tarde dessa quarta-feira, 05, na avenida General Rondon.

“Para nós foi uma alegria essa vitória, pois homenageamos uma pessoa muito querida em nossa comunidade que faleceu no ano passado, o Luís Cambará”, comentou o diretor de comunicação da Águia da Vila, Chico da Vila. O Clube dos Sem, por usa vez, desfilou homenageando Osvaldo de Oliveira, o Rolinha, e Edson Duarte.

“Foi uma satisfação muito grande desfilar pelo bloco e ver a aceitação do público, a empolgação das arquibancadas. Isso por si só já valeu a apresentação, agora coroada com esse título”, destacou o interprete do bloco, Sandro Nemir.

Os dois vencedores somaram 79.9 pontos. Os vices campeões marcaram 79.8 e o terceiro 79.7 pontos. Os troféus foram entregues pelo diretor-presidente da Funec, Elvécio Zequetto, pelo presidente da Liblocc, Catarino Oliveira, e pela vice-prefeita e diretora-presidente da Fundação de Cultura de Corumbá, Márcia Rolon. 

Felpuda


Prefeitura de município do interior de MS recebeu recomendação do Ministério Público do Estado no sentido de exonerar servidores comissionados, livres do cartão de ponto, que são parentes de secretários da administração e de vereadores. O nepotismo se tornou um excelente “negócio” por lá, e se até o dia 6 de agosto as devidas providências não forem tomadas, medidas serão adotadas, como ação por improbidade administrativa. Tem gente que não aprende mesmo, né?