Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

medo de vaias

Blatter e Dilma não discursarão na Copa

12 MAR 14 - 08h:13Terra

Para evitar vaias do público e constrangimento internacional, a presidente do Brasil, Dilma Rousseff, e o presidente da Fifa, Joseph Blatter, não discursarão na Cerimônia de Abertura da Copa do Mundo, marcada para 12 de junho, em São Paulo. O dirigente confirmou a informação à agência DPA, em declaração reproduzida pelo jornal italiano Velino.

​“Nós vamos ter certeza de que a Cerimônia de Abertura não terá discursos”, disse Blatter. Perguntado se esperava novas vaias no evento, minimizou: “não sou profeta, mas estou convencido de que a situação se acalmou”. O dirigente se referiu aos protestos que se espalharam pelo País em junho de 2013, antes da Copa das Confederações.

Na época, as manifestações contra o aumento do preço das passagens de ônibus em São Paulo e a repressão policial levaram a população a ir às ruas e fizeram com que a pauta se diversificasse, incluindo os gastos na organização da Copa. Na abertura das Confederações, em Brasília, Dilma e Blatter foram vaiados pelo público. O presidente da Fifa chegou a pedir “Fair Play” aos presentes.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASIL

Fortaleza: Bombeiros buscam sobreviventes em prédio que ruiu; uma pessoa morreu

ECONOMIA

Pan, BMG e Bradesco lideram ranking de reclamações contra bancos do BC

ECONOMIA

Superintendência do Cade decide arquivar inquérito contra bandeiras de cartões

BRASIL

Quadrilha desviava cartões de crédito remetidos pelos Correios

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião