Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

jogo sujo

Bernal é acusado de comprar votos para se livrar da cassação

30 DEZ 13 - 08h:00adilson trindade

O prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), está sendo acusado por vereadores da oposição de “comprar votos” com cargos, vantagens e apoio financeiro para campanha eleitoral de 2014 de deputado estadual para livrá-lo da cassação de mandato. “O jogo é sujo”, comentou o presidente da Comissão Processante, vereador Edil Albuquerque (PMDB), na reunião de ontem na Câmara Municipal com procuradores jurídicos para discutir estratégia de ação para tentar derrubar a liminar que impediu o Legislativo de julgar o prefeito.

O presidente municipal do DEM, vereador Airton Saraiva, estranhou as investidas de Bernal com apoio do senador Delcídio do Amaral (PT) para comprar votos. O senador é apontado de ser o “grande articulador” político para salvar o prefeito da cassação. Delcídio é quem estaria chamando os vereadores da oposição para negociar adesão à base de sustentação política de Bernal em troca de cargos de primeiro escalão e carguinhos nas secretarias para acomodar os apaniguados.

“Bernal está comprando votos dos vereadores. Disto, não há dúvida”, declarou Saraiva. Segundo ele, o prefeito atrasou a publicação do Diário Oficial de quinta-feira (26), dia da sessão de julgamento, para garantir a nomeação dos indicados dos vereadores Edson Shimabukuro (PT) e Paulo Pedra (PDT). Outro vereador na conta de Bernal é Jamal Salém (PR) e Paulo Siufi (PMDB). Os dois seriam os responsáveis pela escolha da médica Lilian Maksoud para dirigir o Instituto Municipal de Previdência de Campo Grande (IMPCG).

Leia mais no jornal Correio do Estado

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

OPINIÃO

Calos Lopes dos Santos: "Primeiro a educação, depois as leis"

Advogado

Felpuda

BRASIL

Após novo caso, Brasil perderá status de país livre do sarampo

BRASIL

Delegado da Baixada Fluminense atuará na 2ª fase do caso Marielle

Mais Lidas