CULINÁRIA

BERINJELA

BERINJELA
24/02/2010 07:05 -


Apreciar pratos com vegetais não é apenas para vegetarianos. Muitos legumes, turbérculos e frutos rendem pratos saborosos para o dia a dia e até requintados para uma refeição especial. Neste caso se encaixa a berinjela, que rende dezenas de pratos. Mas esta variedade de opções nem sempre existiu. Há cerca de dez anos as pessoas torciam o nariz para a berinjela e só a utilizavam quando era muito necessário. “Hoje isto mudou e a berinjela conquistou status de prato nobre”, diz a nutricionista Elisa de Souza. Ela acredita que isto só aconteceu porque foram inventadas novas receitas com o aproveitamento do vegetal. “Dá para usar em antepasto, em pratos principais e em lanches”. A berinjela é um legume que contém pequenas quantidades de vitamina B5 e sais minerais como cálcio, fósforo e ferro. A Niacina (vitamina B5) protege a pele e ajuda na regularização do sistema nervoso e aparelho digestivo. Os minerais cálcio, fósforo e ferro contribuem para a formação dos ossos e dentes, construção muscular e do coagulação do sangue. Poucas pessoas sabem, contudo, que ela é um vegetal com poder de diminuir o colesterol e reduzir a ação das gorduras sobre o fígado. Seu suco é utilizado nas inflamações dos rins, bexiga e uretra como poderoso diurético. A berinjela é muito recomendada para quem sofre de artrite, gota, reumatismo, diabete e inflamações da pele em geral. Como tem poder laxante, aconselha-se para indigestões e prisão de ventre. Na hora da compra, deve-se dar preferência às que se apresentam firmes, de cor roxa uniforme e lustrosa. As berinjelas devem ser guardadas em geladeira, dentro de sacos plásticos, assim se conservam em bom estado por duas semanas.
smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".