Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

Belfort faz mistério sobre exame antidoping surpresa e advogado garante resultado secreto

Belfort faz mistério sobre exame antidoping surpresa e advogado garante resultado secreto
03/03/2014 12:30 - R7


Semanas antes da TRT (Terapia de Reposição de Testosterona) ser proibida no MMA, Vitor Belfort foi submetido a um exame antidoping surpresa em Las Vegas e, de acordo com a apuração feita pelo site MMA Fighting, o resultado não se tornará público.

Embora o assunto desperte o interesse e a curiosidade dos fãs, o atleta, que poderia ter se recusado a fazer o teste sem nenhuma chance de punição por isso, não é obrigado a divulgar o resultado, uma vez que não havia feito o pedido de licença junto à Comissão Atlética de Nevada para competir no UFC 173.

O fato é que, pelas leis americanas, Belfort não poderia ser punido nem se se negasse a fazer o teste e nem se fosse flagrado pelo uso de esteroides anabolizantes no exame surpresa, justamente por não ter nenhum vínculo atual com a entidade.

No entanto, a dúvida sobre o que o teste teria a dizer só cresceu com a suspensão da TRT e com o abandono do carioca do confronto contra Chris Weidman. Nada que pareça mudar a ideia da equipe do lutador, que, de acordo com seu advogado em entrevista ao site MMA Fighting, não vê motivo em tornar público o resultado do exame.

— O teste não é relevante, já que o Vitor não pediu licença para Nevada. A escolha da Zuffa foi por causa da mudança sobre a TRT. Não há tempo para ele largar o seu tratamento, conseguir uma licença e deixar tempo para a organização promover o combate.

Felpuda


Outrora afinadíssimo com o presidente Jair Bolsonaro, parlamentar sul-mato-grossense começou a ser escanteado em consequência de uma das crises políticas de grande repercussão. A figura entrou em campo e botou falação sobre o que estava ocorrendo, e isso soou que só como crítica pesada ao governo, que, como não poderia deixar de ser, não gostou nadica de nada. Há quem diga que o dito-cujo é muito levado “pelo sangue”. Então, tá!...