Quinta, 22 de Fevereiro de 2018

CONSUMIDOR

BC eleva a 20% valor mínimo da fatura do cartão de crédito

25 NOV 2010Por Edivaldo Bitencourt23h:30

A valor mínimo da fatura do cartão de crédito vai dobrar nos próximos 12 meses. O Banco Central aprovou, nesta quinta-feira, que o mínimo passará dos atuais 10% para 15% em junho do próximo ano e chegará a 20% a partir de dezembro de 2011. Os clientes vão começar a ser informados pelos bancos a partir de março.

Além disso, foram estabelecidas regras para a remessa de informações relativas a tarifas ao BC, entre elas a que estipula o encaminhamento da relação dos serviços prioritários relacionados a cartão de crédito e respectivos valores com observância do prazo de 45 dias antes do início da cobrança, nos casos de majoração do valor e de início de cobrança de nova tarifa. O atual prazo de trinta dias fica mantido para os demais serviços.

Atualmente, o consumidor pode arcar com somente 10% da fatura mensal, e pagar juros sobre o restante.

Pesquisas do setor financeiro apontam os juros cobrados pelo uso do "rotativo" dos cartões de crédito entre os mais altos da praça.

Levantamento da Anefac (associação dos executivos da área de finanças) mostra que a taxa média de juros cobrada em cartões de crédito -- 10,69% ao mês (238,30% ao ano) -- está em seu nível mais alto desde junho de 2000.

Além disso, a partir do ano que vem, os bancos terão que seguir regras mais rígidas na cobrança de tarifas em seus cartões de crédito. Segundo normas anunciadas hoje pelo Conselho Monetário Nacional, o setor só poderá cobrar cinco tipos de tarifas de seus clientes --atualmente são cerca de 80, de acordo com o Banco Central.


 

Leia Também