sexta, 20 de julho de 2018

Autosport

Barrichello é premiado por tradicional revista britânica

6 DEZ 2010Por Gazeta Esportiva15h:16

A temporada 2010 da Fórmula 1 teve uma alegria inesperada para o brasileiro Rubens Barrichello mesmo depois do encerramento das suas atividades. Com o recorde de participações na categoria, ele foi premiado pela revista britânica Autosport, em cerimônia realizada neste domingo na Inglaterra.

Rubinho faturou o prêmio Gregor Grant, em homenagem ao jornalista e escritor inglês de mesmo nome, ex-editor da Autosport. O brasileiro recebeu o prêmio das mãos do ex-piloto Damon Hill, campeão da F-1 na temporada 1996 - quando Barrichello estava em sua quarta temporada da carreira, e acaba de encerrar a 17ª, estando confirmado na Williams para 2011.

"Eu tive uma estadia incrível na Inglaterra. Vivi aqui por muito tempo. É como uma segunda casa", agradeceu o brasileiro de 38 anos. "Estou muito orgulhoso por vencer este troféu. Tem sido um longo e envolvente período de paixão e velocidade", comentou.

Rubinho ultrapassou a marca de 300 Grandes Prêmios de Fórmula 1 em 2010, conquistados desde a estreia em 1993. Dentre outras coisas, teve o primeiro pódio em 1994, no mesmo ano em que sofreu um grave acidente em Ímola - onde Ayrton Senna veio a falecer em seguida. Foi contratado pela Ferrari em 2000, tendo uma turbulenta parceria com o alemão Michael Schumacher, mas conseguiu conquistar a primeira vitória em 2002, e deixou a equipe ao final de 2005, indo para a Honda (que viraria Brawn em 2009). Em 2010, foi para a Williams, onde irá continuar pelo menos até a temporada 2011.

Leia Também