Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, segunda, 12 de novembro de 2018

Barbosa diz que sofreu 'ataques covardes' por causa do mensalão

6 SET 2012Por terra17h:52

Durante a leitura do voto do ministro Celso de Mello no julgamento dos réus do mensalão nesta quinta-feira, o relator da ação penal, Joaquim Barbosa, afirmou que foi vítima de ataques "velados e covardes" por causa de seu trabalho no processo. "Mas isso não me abala em absolutamente nada", disse Barbosa.

Celso de Mello falava sobre o papel dos juízes ressaltando que "não há vencedores, nem vencidos" no julgamento e que o veredicto será pronunciado com base "no princípio da colegialidade". "As atuações dos ministros relator e revisor devem ser destacadas, tendo em vista a monumentalidade, a complexidade desta causa penal", afirmou Celso de Mello.

Barbosa pediu a palavra e afirmou ser perseguido por ser o relator da ação penal do mensalão. "Nunca esqueçamos os ataques de que fui objeto durante esses sete anos. Ataques velados, covardes muitas vezes, mas sempre tendo como pano este processo", disse.

Os réus Kátia Rabello, José Roberto Salgado e Vinícius Samarane, todos do Banco Rural, foram condenados pela maioria dos ministros pelo crime de gestão fraudulenta. Só a ex-vice-presidente do banco, Ayanna Tenório, foi absolvida.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também