terça, 17 de julho de 2018

MUNDO

Barack Obama pede a renúncia imediata de Muammar Kadhafi

27 FEV 2011Por G104h:42

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse em uma ligação com a chanceler alemã Angela Merkel, neste sábado (26), que o líder líbio Muammar Kadhafi deve deixar o cargo imediatamente.
"O presidente declarou que, quando um líder, para permanecer no poder, usa a violência em massa contra seu próprio povo, ele perdeu a legitimidade para governar e precisa fazer o que é certo para o seu país, deixando-o agora", disse a Casa Branca em um comunicado sobre a ligação.
Obama e Merkel reafirmaram o apoio ao povo líbio pela universalização dos direitos e concordaram que o governo de Khadafi "deve ser responsabilizado."
A França suspendeu neste sábado toda a atividade em sua embaixada em Trípoli, retirando seu pessoal diplomático da Líbia por via aérea, informou a chancelaria em Paris. "Em aplicação da Convenção de Viena sobre as relações diplomáticas e com o aval do governo russo, a defesa dos interesses franceses foi entregue à embaixada da Federação Russa na Líbia", diz o comunicado. No total, a França evacuou da Líbia 654 pessoas, sendo 498 franceses e 156 estrangeiros, incluindo 45 europeus.

Leia Também