quinta, 19 de julho de 2018

ROUBOS

Bando faz arrastão em comércios na região sul da Capital

27 DEZ 2010Por NADYENKA CASTRO01h:35

Quatro bandidos fizeram um arrastão em comércios de bairros da saída para São Paulo, em Campo Grande, na noite de sábado. Hélio Porfilho de Moura, 37 anos, Marco Antônio Marinho de Melo, 29 anos, Wellington Rafael de Araújo, 20 anos, que estão presos e outro criminoso, ainda não localizado, praticaram pelo menos quatro roubos entre as 21h15min e 22h30min de anteontem. Os clientes dos estabelecimentos também foram assaltados.

De acordo com a Polícia Civil, o primeiro crime foi em uma lanchonete da Rua Calendária, Vila Ipiranga. Os quatro criminosos entraram no local com armas de fogo e renderam clientes e funcionários. Do comércio eles roubaram dois micro-ondas, refrigerantes, cervejas e a gaveta do caixa com dinheiro.

Campo Nobre
Quinze minutos depois do primeiro crime, o alvo foi uma conveniência da Rua Campo Nobre, no Jardim Campo Nobre, onde também entraram os quatro ladrões com armas de fogo e roubaram R$ 400, cheques e celulares.

Logo após o bando assaltou uma lan house e eletrônica que fica na mesma via, a cerca de 500 metros. Havia aproximadamente 10 pessoas no local, mas somente uma ficou quando os bandidos entraram. As demais correram com medo.

Do local foi levado dinheiro – do total de R$ 18 havia seis moedas de R$ 1, e um amplificador de som. O cliente que não fugiu foi obrigado a levantar a camiseta e teve o celular roubado.

O último roubo aconteceu em uma sorveteria do Bairro Universitário, na Rua Souza Lima. Pessoas que estavam no local foram assaltadas e o proprietário teve que entregar a gaveta do caixa e caixas de som.

Prisão
Após os roubos, as vítimas acionaram a Polícia Militar (PM) e descreveram os autores e contaram que eles utilizavam um Corsa de cor branca na fuga. Policiais que trabalhavam na região foram avisados e então prenderam Hélio, Marco Antônio e Wellington no Bairro Taquarussu.

Os policiais identificaram o veículo e viram várias pessoas em volta. Quando se aproximaram, alguns rapazes fugiram e entraram em uma residência. Marco Antônio foi preso quando tentava pular o muro; Hélio foi encontrado escondido no banheiro e Wellington foi o último a ser pego.

Marco Antônio e Hélio confessam o crime. Ambos já estiveram presos por tráfico de drogas, sendo que Marco estava em liberdade condicional havia dois meses. Wellington nega envolvimento. Parte do material roubado foi recuperada.

Leia Também