quinta, 19 de julho de 2018

15 ANOS

Bando do Velho Jack realiza show amanhã

27 OUT 2010Por Da Redação13h:12

O Bando do Velho Jack comemora amanhã os 15 anos de carreira com show de 90 minutos no Teatro Glauce Rocha, localizado no câmpus da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS). O Bando pode ser considerado o mais importante grupo de rock’n’roll do Estado. O show começa às 20h30 e tem entrada gratuita.

Segundo os integrantes da banda, o show deverá ser gravado, para, futuramente, ser produzido um DVD. Desde 1995, O Bando do Velho Jack já passou por diferentes formações e hoje é integrado por Rodrigo Tozzette (guitarra e vocal principal), Marcos Yallouz (baixo), Alex Cavalheri (teclado e vocais), João Bosco (bateria) e Fábio Terra (guitarra).

“Vamos apresentar um pouco de cada CD. O objetivo foi fazer um apanhado geral das músicas que gravamos independente de serem próprias ou releituras. Este foi o critério: fazer um apanhado dos 15 anos”, comenta o baixista Marcos Yallouz. Para Fábio, a escolha do repertório do show foi difícil, pois muita coisa ficou de fora. “Chegamos a um consenso do que seria melhor para o show. Estávamos ansiosos, afinal 15 anos de carreira é algo consistente, ainda mais com cinco CDs lançados de maneira independente, em um cenário no qual as coisas não são fáceis”, diz. “Sempre tem uma música que um gosta mais do que o outro, mas procuramos deixar isso de lado para escolher aquelas que são mais coerentes com a proposta do show”, completa Rodrigo.

 

Segundo Alex, o grupo também deve apresentar uma música nova, intitulada “15 minutos”. “Algumas canções antigas ganharam novos arranjos, nova roupagem. O importante é que tudo está sendo feito para garantir a qualidade do áudio”. E além do som de qualidade, o público vai se deparar com cenário e produção especiais. “Podemos também preparar alguma surpresa, tudo pode acontecer. O legal é ver o envolvimento de todos que estão nos ajudando na preparação do show, ainda mais porque realmente acreditam em nossa música”, ressalta Fábio.

 

E é para os fãs, para os amigos e para as famílias que os músicos têm se dedicado na preparação deste show. “Muitas vezes sacrificamos nossas famílias em prol do nosso trabalho no grupo. Nada mais justo do que dedicar a eles e a todos os que nos apoiaram durante esses 15 anos. Eu, especialmente, quero dedicar o show ao meu irmão Antônio Firmino Ferreira de Melo”, pontua Bosco.

Leia Também