sábado, 21 de julho de 2018

SEM PREVISÃO

Banco do Brasil Só cadastro de reserva

9 JAN 2011Por Cleidson Lima00h:00

O Banco do Brasil (BB) anunciou, semana passada, a abertura de inscrições para dois concursos públicos para o cargo de escriturário que abrangerão 15 estados brasileiros:  Acre, Amapá, Maranhão, Mato Grosso, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima e Sergipe. Há também oportunidades para Alagoas, Amazonas, Ceará, Paraíba e Paraná.

Mais uma vez, como já é de costume dos concursos para bancos públicos, não há qualquer previsão de quantas vagas serão e nem mesmo quando chamarão os aprovados para contratação. A prática há muito tempo é criticada pelos sindicatos dos bancários de todo o país uma vez que é vista como uma forma de arrecadar dinheiro com um grande número de inscritos. As contratações, no entanto, quando acontecem, não chegam a 10% do número de aprovados. Há concursos em Mato Grosso do Sul, por exemplo, que tiveram mais de 500 aprovados e pouco mais de 60 foram chamados.

Segundo o presidente do Sindicato dos Bancários de Campo Grande, José Aparecido Clementino, numa conta simples é possível estimar que pelo menos 20 mil funcionários do Banco do Brasil se aposentarão em no máximo dois anos e esse efetivo precisa ser reposto. "Há concursos que há 10 ou 20 contratações, o que é inadimissível perto dos milhares de funcionários que deixam o banco anualmente. Essa prática é altamente criticada pelo Contraf – Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro, pois os bancos reduzem o número de funcionários mesmo com milhares de candidatos aprovados em concursos anteriores", explica.

O concurso será organizado pela Fundação Carlos Chagas (FCC) e os aprovados serão admitidos pelo regime de Consolidação das Leis Trabalhistas. Interessados podem se inscrever de 11 de janeiro até as 14h do dia 7 de fevereiro, tanto pelo site www.concursosfcc.com.br quanto nos postos credenciados que constam no documento de abertura da seleção. A taxa de participação é de R$ 40.

De acordo com o edital de abertura, a remuneração inicial é de R$ 1.280,10 – além de gratificação semestral de 25%. A carga de trabalho é de 30 horas semanais. A instituição também aponta como benefícios a possibilidade de ascensão e desenvolvimento profissional, participação nos lucros ou resultados e participação em planos assistenciais e previdenciários complementares. Todos os inscritos passarão por provas objetivas de conhecimentos básicos e específicos, que estão marcadas para acontecer no dia 20 de março.

A prova de conhecimentos gerais terá 30 questões com as disciplinas de língua portuguesa, redação oficial, atualidades, estatística, matemática, matemática financeira e raciocínio lógico. A de conhecimentos específicos engloba 40 questões de informática, conhecimentos bancários, habilidades no atendimento, código de defesa do consumidor e do consumidor bancário além de um pequeno conteúdo de direito penal dentro do tópico crime de lavagem de dinheiro. A organizadora é a Fundação Carlos Chagas (FCC).

Leia Também