Segunda, 19 de Fevereiro de 2018

paralisação

Bancários definem hoje se voltam ao trabalho

13 OUT 2010Por bruno grubertt02h:57



Bancários em greve decidem hoje se aceitam ou não a nova proposta da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) de reajuste e aumento dos pisos salariais. Os grevistas discutem a proposta hoje, em reunião que acontece no fim da tarde, 15 dias depois do início da paralisação.
Os bancos ofereceram 7,5% para aqueles funcionários que recebem até R$ 5.250 por mês e 4,29% para quem tem salário superior a esse valor. A reivindicação inicial da categoria era por reajuste de 11%. Antes da greve, o índice oferecido pelas empresas foi de 4,29%.
A Fenaban propôs, ainda, aumentos nos pisos salariais que, se a proposta for aceita pelo comando de greve, serão  de R$ 870 para os cargos de porteiro e R$ 1250 para servidores do escritório e dos caixas.
A greve fechou 49 agências bancárias em Campo Grande e 43 no interior, o que fez aumentar o movimento de contribuintes nas Casas Lotéricas para pagar contas e fazer transações financeiras.

Leia Também