sábado, 21 de julho de 2018

estável

Baleado, Godói segue em estado grave

17 FEV 2011Por Gazeta Esportiva13h:16

Após ser baleado em uma tentativa de assalto na cidade de São Paulo, o ex-árbitro Oscar Roberto Godói segue internado em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital das Clínicas, em São Paulo. Godói, de 55 anos, teria reagido à ação de criminosos no bairro de Pompéia, na zona oeste da capital paulista, e levou três tiros, por volta das 22 horas da última quarta-feira.

Ao dar entrada no HC às 22h31, Godói teve o sangramento controlado pelos médicos, que realizaram uma cirurgia (cervicotomia) em seu pescoço, local onde uma das balas segue alojada entre a veia jugular e a coluna cervical. Os outros projéteis disparados contra o ex-árbitro atingiram o tórax (perfurando o pulmão) e a barriga.

Neste momento, Godói permance sedado no Hospital das Clínicas. Apesar de estável, o quadro médico do ex-árbitro segue sendo preocupante.

Veja na íntegra a nota oficial divulgada pelo Hospital das Clínicas:

O paciente Oscar Roberto Godói deu entrada no pronto-socorro do Instituto Central do Hospital das Clínicas, da Faculdade de Medicina da USP, às 22h31 de ontem (16), com ferimentos por arma de fogo.

Um projétil transfixou o tórax e perfurou o pulmão. Outro atingiu a região cervical esquerda e se alojou próximo à coluna, sem provocar lesão de medula.

O paciente foi submetido a procedimentos de cervicotomia exploradora para controle do sangramento e drenagem de tórax.

O estado do paciente Oscar Roberto Godói é grave. Ele permanece sedado na Unidade de Terapia Intensiva, em acompanhamento clínico e cirúrgico.

Às 9h00 de 17 de fevereiro de 2011

Leia Também