Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Bairros da Capital estão sofrendo com o acúmulo de entulhos

7 MAR 10 - 00h:30
Com as últimas chuvas, lixo e entulho espalhados pelas vilas Margarida, Catarina e Marabá (próximos ao Carandá Bosque) invadiram casas, entupiram bueiros e ainda atrapalham o trânsito na região, segundo relato de moradores. “Fui surpreendido com avalanches de lixo dentro da minha casa. O problema se arrasta por meses, está todo mundo revoltado no bairro”, aponta o morador Alcino Sabino, da Vila Margarida. A sujeira nos bairros citados já foi apontada em reportagem do Correio do Estado, que visitou a região e constatou que, por conta de um boato espalhado em dezembro de 2009, moradores colocaram lixo e entulho nas ruas, acreditando que um mutirão da prefeitura faria a coleta. A Prefeitura Municipal de Campo Grande, no entanto, esclarece que o mutirão de limpeza é tarefa que só acontece quando agentes de saúde comunicam ao poder público sobre um possível foco de doenças nos bairros, como a dengue. A solicitação entra então numa fila de pedidos, e a região em risco, recebe o caminhão de limpeza para retirar os focos que possam ser reservatórios da doença, como garrafas e pneus. De acordo com a prefeitura, não é de responsabilidade do poder público a retirada de entulhos ou o resultado da limpeza de um terreno, como mato ou galhos, que são simplesmente jogados na calçada – neste caso, o proprietário deve se responsabilizar pelo lixo. Notificações Uma equipe da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano (Semadur) visita os bairros de Campo Grande e notifica os moradores que tiverem depositado nas ruas, e calçadas, lixo que não seja passível de coleta pela prefeitura. Caso seja constatada a irresponsabilidade do proprietário, este será notificado e terá quinze dias para solucionar o problema. A multa por não manter a propriedade urbana limpa (livre de entulho e galhos) varia de R$1,318 mil a R$ 5,274 mil. Já a multa para os locais onde as calçadas estão sujas é de R$ 263,70 a R$ 1,318 mil. O Diário Oficial de Campo Grande publicou recentemente (22-02) as notificações de 173 proprietários de imóveis na Capital, por conta da falta de manutenção e limpeza nesses locais.
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Homem é encontrado morto em calçada; suspeita de hipotermia
CHAPADÃO DO SUL

Homem é encontrado morto em calçada; suspeita de hipotermia

Defesa de sobrinho que matou tio alega que homem estava sendo ameaçado de morte
TRAGÉDIA ENTRE FAMÍLIA

Defesa de sobrinho que matou tio alega que ele foi ameaçado de morte

Licitação para construção de ponte será assinada no sábado
ROTA BIOCEÂNICA

Licitação para construção de ponte será assinada no sábado

Reforma do aeroporto vai dobrar <BR>capacidade de passageiros
AEROPORTO DE CAMPO GRANDE

Capacidade de passageiros será dobrada com reforma

Mais Lidas