JUDÔ

Baby conquista bronze e Brasil quebra recorde

Baby conquista bronze e Brasil quebra recorde
03/08/2012 14:15 - globoesporte.com


Foi na última luta, no golden score. E pelas mãos de um gigante. Rafael Silva, carinhosamente apelidado de "Baby", fechou a conta. Um bronze de peso, da pesado (acima de 100kg). O paulista de 25 anos, que começou a lutar apenas aos 15, abocanhou a quarta medalha do judô brasileiro nos Jogos Olímpicos de Londres, recorde em uma mesma edição, meta antes do início das Olimpíadas. Da equipe de 14 judocas, foi o único dos nove calouros a chegar no pódio no Complexo Excel.

O sul-mato-grossense Baby venceu Kim Sung-Min, da Coreia do Sul, para assegurar a medalha histórica, a primeira do país em sua categoria. O feito veio com doses extras de tensão: Rafael Silva foi ao golden score (três minutos de morte súbita) em suas quatro últimas lutas; na que valeu o bronze, venceu por yuko, pontuação mínima do judô, graças ao acúmulo de shidos (advertências) contra seu adversário.

- Estou morto. Foram quatro golden scores, mas é muito gratificante. Estou colhendo os frutos de um trabalho de quatro anos - contou Baby.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".