Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

ELEIÇÕES 2014

Azambuja dá ultimato a Delcídio sobre aliança

26 ABR 14 - 08h:30TAVANE FERRARESI

O deputado federal Reinaldo Azambuja (PSDB) deu ultimato ao pré-candidato à sucessão estadual, senador Delcídio do Amaral (PT), para definir até a próxima quarta-feira (30) se vai haver ou não aliança entre as siglas no pleito deste ano. A demora das nacionais dos dois partidos em resolver esse imbróglio bem como os escândalos nacionais envolvendo o senador petista no rombo financeiro da Petrobras fortaleceram a vontade dos tucanos em lançar Azambuja como postulante ao cargo de governador. Portanto, diante desse cenário, pode-se afirmar que, possivelmente, haverá terceira via no Estado. 

Ao declarar que não haverá mais como protelar a definição dessa resolução de aliança, Reinaldo disse que “se tiver que acontecer, vai ter que acontecer agora”. Ele comentou, ainda, que não adianta apenas um diretório nacional avalizar esse pacto. “Precisa ter autorização das suas nacionais”, destacou.

Desde as eleições municipais de 2012, Delcídio e Reinaldo articulam a consolidação de aliança nestas eleições. O esforço tem sido grande, mas pelas declarações do presidente nacional do PSDB, o presidenciável e senador Aécio Neves, e da maior liderança do PT, o ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, o pacto de tucanos e petistas ficará apenas na fantasia. No início desta semana, Aécio e Lula já indicaram não haver desejo de unir as legendas no Estado. Eles comentaram que o pacto não é natural e vai contra o projeto nacional das siglas.

Sendo assim, como aumentaram as dificuldades de ser candidato ao Senado ao lado de Delcídio, Azambuja explicou que, se não houver aprovação desse acordo, o PSDB deverá entrar na disputa à vaga de governador. “Caso não der certo essa coligação, nós vamos tentar construir candidatura própria. Vamos discutir isso com partidos aliados e com a chapa proporcional”, afirmou.

Aliados

Diante da possibilidade da aliança com Delcídio ser vetada, Reinaldo começou a traçar os caminhos do plano B. Ontem, em conversa com o presidente do PSB e prefeito de Dourados, Murilo Zauith, o tucano conversou sobre a união das siglas na chapa majoritária. Segundo ele, há interesse do peesebista em estar junto ao PSDB neste pleito.

“O Murilo disse que esperará o que será resolvido no dia 30. Ele acha que, se depois disso não tiver a possibilidade de fazer coligação com Delcídio, nós devemos estar juntos na majoritária”, declarou. Caso o PSDB decida entrar na disputa pelo governo com o PSB, Azambuja garantiu que haverá, em MS, palanque para os presidenciáveis dos dois partidos, Aécio Neves e o Eduardo Campos. 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Selva urbana, Hospital São Julião é reduto de animais silvestres na Capital
FOTOGRAFIA

Selva urbana, Hospital São Julião é reduto de animais silvestres na Capital

Subaru Forester
CORREIO VEÍCULOS

Subaru Forester

Bolinho de Chuva Recheado com creme de avelã
SOBREMESA

Bolinho de Chuva Recheado com creme de avelã

COI dá passo para incluir breakdance, skate, escalada e surfe nos Jogos de 2024
OLIMPÍADAS

COI dá passo para incluir skate e surfe nos Jogos de 2024

Mais Lidas