Campo Grande - MS, segunda, 20 de agosto de 2018

PRESSÃO

Aviões da coalizão atacam forças terrestres pró-Kadhafi

24 MAR 2011Por g100h:02

Os aviões da coalizão estão atacando as forças terrestres do ditador líbio Muammar Kadhafi, principalmente as tropas que ameaçam as cidades de Mistrata e Zawiyah, no noroeste, e Ajdabiya, no nordeste, disse nesta quarta-feira  (23) o contra-almirante americano Gerard Hueber.

"Estamos pressionando as forças terrestres de Kadhafi que ameaçam as cidades", disse Hueber.

Ao ser questionado se se referia a ataques aéreos, ele respondeu: "Sim".

Estados Unidos, França e Grã-Bretanha executam ataques aéreos e navais contra as forças fiéis a Kadhafi desde sábado (19), mas essas declarações confirmam que algumas tropas terrestres também são atacadas pela coalizão.

"Para proteger as populações civis, de acordo com nossos sócios da coalizão, sim, atacamos as forças de Kadhafi que atacam os centros populacionais", afirmou o contra-almirante em uma audioconferência a partir do Mount Whitney, um navio americano posicionado na costa da Líbia.

As tropas fiéis a Muammar Kadhafi atacam principalmente as cidades de Ajdabiyah, (160 km ao sul de Benghazi), Misrata (200 km a leste de Trípoli) e Zawiyah (60 km a oeste de Trípoli), segundo a mesma fonte.

"Em Abjabiyah, as forças do regime intensificaram seus ataques dentro e fora da cidade. Em Misrata, continuam perseguindo a oposição, intensificaram suas operações e atacam civis na cidade", afirmou o oficial americano.

Os aviões da coalizão estão atacando "carros de combate, artilharia e lança-mísseis", das forças que apoiam o regime líbio, concluiu Hueber.

Mais cedo, um oficial britânico havia afirmado que, após os primeiros dias de bombardeios, a Força Aérea da Líbia está praticamente destruída, não oferecendo risco aos aviões da coalizão que sobrevoam o país.

Leia Também