Campo Grande - MS, quinta, 16 de agosto de 2018

TRANSLADO

Avião da FAB decola com corpo de Alencar

30 MAR 2011Por TERRA06h:59

Um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) com o corpo do ex-vice-presidente da República José Alencar decolou por volta das 7h45min (horaráio de Brasília) do aeroporto de Congonhas para Brasília, onde ocorrerá o velório. A família de Alencar embarcou em outro voo, também da FAB, logo depois.

O ex-vice-presidente, que morreu na terça-feira no hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, será velado na capital federal e também em seu Estado natal, Minas Gerais. As cerimônias fúnebres ocorrerão hoje e na quinta-feira. Ainda não foi divulgado onde e quando o político será enterrado.

Entre aplausos de dezenas de pessoas, o cortejo partiu do Hospital Sírio-Libanês, no centro de São Paulo, às 7h05, escoltado por batedores da Polícia Militar e homens do Exército. Muitas pessoas acordaram cedo para acompanhar a movimentação do lado de fora do hospital. Uma delas foi a advogada Maria Ângela Ocampos, 48 anos. Empunhando um cartaz com os dizeres "Vá com Deus, grande guerreiro", ela disse que foi prestar a última homenagem ao ex-vice. Maria mora na região do Sírio-Libanês e afirmou que toda vez que ele era internado, fazia suas orações por ele.

O cortejo foi acompanhado pelo governador Geraldo Alckmin, que chegou ao hospital às 6h20. "Viemos trazer à família (de Alencar) o sentimento de São Paulo, as nossas condolências, nossas orações. O Zé Alencar era um mineiro que amava muito São Paulo, que lembrava sempre que era um paulista de Muriaé (cidade mineira onde o ex-vice-presidente da República nasceu). Viemos trazer o nosso sentimento e carinho. Nossa despedida a um grande brasileiro", disse Alckmin na chegada.

Na capital federal, a previsão é de que o velório de Alencar seja aberto à população às 10h30, no Salão Nobre do Palácio do Planalto, depois de ser recepcionado pelo presidente em exercício, Michel Temer (PMDB), na Base Aérea de Brasília. O corpo receberá honras militares e seguirá em cortejo pelas principais ruas de Brasília em um carro do Corpo de Bombeiros.

Leia Também