Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Avião Antonov com 43 pessoas a

17 MAI 10 - 22h:12

CABUL

 

Um avião de passageiros que voava de Kunduz, norte do Afeganistão, a Cabul desapareceu ontem com 43 pessoas a bordo, 38 passageiros e cinco tripulantes, anunciou o ministério afegão do Interior. O avião da companhia local Pamir Airways sumiu por volta das 8h da manhã (horário local). Em geral, os aviões dessa rota atravessam a região montanhosa de Hindu Kush.

"Eu posso confirmar que o avião levava 38 passageiros e mais cinco tripulantes quando caiu em algum lugar do desfiladeiro de Salang", disse o porta-voz do ministério do Interior, Zemarai Bashary. A região de Salang está localizada a cerca de 100 quilômetros a norte de Cabul e tem cerca de 4.070 metros de altitude. A causa do acidente não é conhecida.

A companhia aérea Pamir Airways afirmou que estrangeiros estavam entre os passageiros a bordo. Um representante do ministério para a aviação civil e transportes, Raaz Mohammad Alami, disse que o avião era um Antonov 24 e que seis passageiros estrangeiros estavam a bordo. Ele não deu detalhes sobre a identidade dos passageiros.

O ministério do Interior solicitou ajuda às forças da Otan para as buscas na região do acidente. Segundo uma nota oficial da Otan, dois helicópteros foram enviados para o local e outros dois estão de prontidão na base aérea de Bagram. Equipes médicas afegãs chegaram ontem a Salang.

"O mau tempo na região dificulta as buscas aéreas", disse a Força de Assistência de Segurança Internacional em um comunicado. O terreno e o clima nas montanhas em torno de Cabul são extremamente inóspitas e pode levar algum tempo até que o avião seja encontrado. "Está nevando e há inundações", disse Mohammad Alami.

A Pamir Airways, que iniciou suas operações em 1995, é uma das três maiores companhia aérea privada do Afeganistão e opera a maior parte das rotas domésticas no país e também voos para Dubai e Arábia Saudita para a peregrinação do Hajj.

A companhia afegã usa um Antonov 24 para os voos entre Kunduz e Cabul. O avião tem capacidade para até 52 passageiros e deixou de ser produzido em 1979, segundo a Aviation Safety Network.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Delegacia passa a atender em novo endereço a partir desta quarta-feira
FIQUE ATENTO!

Delegacia assa a atender em novo endereço a partir desta quarta-feira

CCJ da Câmara adia votação da PEC da segunda instância
BRASÍLIA

CCJ da Câmara adia votação da PEC da segunda instância

Porto Murtinho entra em situação de emergência por conta de erosão em barragem
DECRETO

Porto Murtinho entra em emergência por conta de barragem

Estados discutem mudanças em regras para cobrança do ICMS
TRIBUTO

Estados discutem mudanças em regras para cobrança do ICMS

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião