Sábado, 16 de Dezembro de 2017

COPA DO MUND0

Avianca segue Azul e adota teto para tarifa

14 JAN 2014Por FOLHA PRESS15h:26

Depois da Azul, a Avianca Brasil anunciou que estabelecerá um teto de R$ 999 por trecho para as passagens aéreas na época da Copa do Mundo.

A adoção de um limite para os bilhetes durante o Mundial é uma resposta às pressões do governo para tentar coibir abusos no período.

Na semana passada, a Azul havia divulgado o teto no mesmo valor para passagens vendidas entre 12 de junho e 13 de julho.

A Avianca resolveu estender a medida não apenas para a Copa, mas para o período de fevereiro ao final de julho, incluindo vésperas de feriado.

Segundo o presidente da empresa, José Efromovich, a tarifa média hoje entre R$ 280 e R$ 450.

Ele não soube dizer qual o percentual de tarifas vendidas acima do teto que será adotado.

Levantamento feito pela Folha de S.Paulo em outubro encontrou bilhetes aéreos para o período da Copa dez vezes mais caros do que em outros dias.

O governo ameaçou abrir o mercado doméstico para companhias estrangeiras como forma de combater aumentos abusivo dos bilhetes.
 

Leia Também