CIDADES

Aves vendidas por sem-terra apreendidas

Aves vendidas por sem-terra apreendidas
13/08/2010 07:01 -


Thiago Gomes

Uma remessa de aproximadamente 200 aves silvestres vendidas por sem-terra de Eldorado, na região do Estado, foi apreendida na noite de terça-feira, em Porto Camargo,  na divisa entre Paraná e Mato Grosso do Sul. Conhecidas como cardeais-do-sul, as aves foram localizadas pela Polícia Rodoviária Federal, durante fiscalização de rotina na BR-487. As aves foram levadas para a Polícia Florestal em Guaíra. Quatro delas já estavam mortas.
De acordo com as informações, M.A.A.P. e R.D.M.  viajavam de automóvel e foram flagrados transportando os pássaros em minúsculas gaiolas amarradas embaixo do veículo, próximo ao escapamento. Presa em flagrante, a dupla alegou que tinha comprado os pássaros em um assentamento de sem-terra em Eldorado e pretendia vendê-los em Umuarama.
M.A.A.P. e R.D.M. foram  levados à Delegacia de Xambrê. Eles responderão por maus-tratos de animais silvestres. Os presos disseram que tinham comprado os pássaros em um assentamento de sem-terra em Eldorado  e pretendiam vendê-los em Umuarama (PR), a cerca de 70 quilômetros de Porto Camargo.
smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".