Campo Grande - MS, quarta, 15 de agosto de 2018

NARCOTRÁFICO

Autoridades do México localizam mais 177 corpos de vítimas de carteis da droga

22 ABR 2011Por AGÊNCIA BRASIL13h:57

A Polícia Federal do México informou hoje (22) ter localizado 177 corpos de vítimas da violência ligada ao narcotráfico. Os corpos foram encontrados em valas clandestinas, em San Fernando, a 160 quilômetros da fronteira com os Estados Unidos. Anteriormente, foram localizados 145 cadáveres, na mesma área também em valas comuns.

No município de San Fernando atua o cartel de Los Zetas, um dos mais poderosos do México, que em 2010 foi acusado de sequestro e morte de 72 imigrantes das Américas Central e do Sul, que pretendiam entrar ilegalmente nos Estados Unidos. Neste grupo havia quatro brasileiros, inclusive, uma mulher.

De acordo com dados oficiais, sete cartéis de tráfico de drogas e pessoas atuam no México. De 2006 a 2010, cerca de 34.600 pessoas morreram em embates entre grupos rivais e confrontos com as forças de segurança.

Ontem (21) militares mexicanos prenderam 45 policiais denunciados por envolvimento com o cartel Los Zetas. As prisões ocorreram na cidade de Cadereyta, perto de Monterrey, no Norte do país. Do grupo detido, a maioria é acusada de atuar como informantes do cartel na cidade que tem 86.500 habitantes.

Los Zetas são acusados por autoridades policiais do assassinato de 145 pessoas encontradas no começo deste mês, em duas dezenas de valas clandestinas, na região San Fernando, na fronteira do México com os Estados Unidos.

Desde o início das investigações, no mês passado, foram presas 55 pessoas, das quais 16 policiais eram do Departamento (estado) de Tamaulipas, de acordo com as autoridades federais. No ano passado, 72 imigrantes – entre eles quatro brasileiros – foram encontrados mortos nesta área. De acordo com as investigações, eram vítimas do tráfico de pessoas.

Leia Também