Quinta, 14 de Dezembro de 2017

EUA

Autoridades declaram estado de emergência por vazamento em rio

10 JAN 2014Por FOLHA PRESS19h:00

A Casa Branca aprovou hoje a declaração de emergência solicitada pelo governador do Estado da Virgínia Ocidental (EUA) como consequência de um vazamento químico no rio Elk, que deixou aproximadamente 200 mil cidadãos sem água corrente.

A declaração permitirá que os nove condados afetados pelo vazamento recebam ajuda do governo. Por causa do vazamento, foram fechados escolas, bares e restaurantes, e os cidadãos não podem usar água da torneira para beber, cozinhar, limpar ou tomar banho.

O vazamento veio de uma fábrica de tratamento de carvão que se encontra junto ao rio Elk na capital do estado, Charleston, e pertence à empresa Freedom Industries.

A água do rio com o produto químico 4-Metil Ciclohexano Metanol contaminou uma central de distribuição de água, o que obrigou as autoridades a pedir à população que não usasse água da torneira.

Antes inclusive que o governador declarasse o estado de emergência em nove condados, alguns moradores da zona comentaram na redes sociais que os encanamentos cheiravam mal.

O alarme foi disparado imediatamente entre a população afetada, dezenas de milhares de cidadãos, que esgotaram as reservas de água mineral de todos os shoppings destas áreas.
 

Leia Também