Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, quarta, 17 de outubro de 2018

Autores de agressão perdoados pela vítima

29 JUL 2010Por 23h:10
Os adolescentes envolvidos no episódio de agressão contra o filho de um desembargador do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, durante uma festa no dia 3 de junho deste ano, participaram da primeira audiência da Justiça Restaurativa, foram perdoados e o processo, arquivado. Uma semana depois do ocorrido, o estudante R.S.M., de 17 anos, que desferiu um soco na vítima, chegou a ser apreendido e levado para uma Unidade Educacional de Internação (Unei). Parentes de um terceiro jovem, que teria estimulado a agressão, também foram convocados para audiência.
De acordo com o advogado Antônio Sérgio Amorim Brochado, que defendeu R.S.M., as três famílias participaram de uma reunião de paz na última quinta-feira (22) e no dia seguinte um juiz homologou o entendimento dos envolvidos e determinou o arquivamento do processo. “As famílias foram gentis, colocaram uma pedra em cima de tudo isso e não existe mais processo’, explicou o advogado.
Já implantada no Rio Grande do Sul e agora em Mato Grosso do Sul, a Justiça Restaurativa promove uma boa relação entre adolescente infrator e sua vítima, envolvendo os familiares na conciliação. As partes chegam a um acordo de sentença alternativa e o objetivo da iniciativa é reduzir o número de internações em Uneis. (VS)
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também