Terça, 20 de Fevereiro de 2018

'Amor e Revolução'

Autor nega inspiração em Dilma Rousseff para novela do SBT

21 FEV 2011Por Folha00h:19

O período da ditadura militar será, pela primeira vez, o pano de fundo de uma novela no Brasil. "Amor e Revolução" estreia no dia 4 de abril no SBT com a responsabilidade de tentar conquistar o público sem desagradar quem viveu a época.

Escrita por Tiago Santiago, 47, a trama conta uma história "à la Romeu e Julieta", só que nos anos de chumbo. A mocinha, estudante e engajada, vai se apaixonar por um militar, filho de um general.

Para dar veracidade à trama, pessoas que viveram "histórias fortes" no período, incluindo a presidente Dilma Rousseff, foram convidadas a falar de suas experiências em depoimentos que irão ao ar no final de cada capítulo.

Consultada, a assessoria de imprensa da Presidência afirmou que a participação "não está nos planos dela".

Leia Também