quinta, 19 de julho de 2018

JULGAMENTO

Autor de assassinato de jovem por racismo é condenado há 15 anos

25 FEV 2011Por Michelle Rossi/Rosana Siqueira15h:22

Geraldo Francisco Lessa, acusado da morte de Anderson da Silva Faria de 20 anos foi condenado a 15 anos de prisão em regime fechado por homicídio qualificado por motivo torpe, no caso racismo. O julgamento terminou agora há pouco no Fórum de Campo Grande.

Anderson da Silva foi morto em 29 de dezembro de 2007 quando passava em frente à padaria do acusado. Contrário ao namoro de Anderson com sua sobrinha, Lessa teria ofendido Anderson, chamando-o de 'preto e pobre'. Quando Anderson foi tirar satisfação com o acusado levou um tiro no abdômen.

Liberdade

Apesar da sentença de 15 anos em regime fechado, o réu – que já estava em liberdade sob proteção de habeas corpus – continua longe da prisão e saiu em liberdade do julgamento. Ele tem ainda o direito de recorrer da sentença.

Leia Também