domingo, 22 de julho de 2018

FLAMENGO

Autonomia de Luxa gera desconforto

18 JAN 2011Por Uol15h:21

Funcionários e conselheiros do Flamengo estão preocupados com a autonomia dada a Vanderlei Luxemburgo na Gávea. Afirmam que a diretoria recebe do treinador o prato-feito. Jogadores a serem contratados, valores, atletas que serão dispensados, tudo vem pronto. Raramente há contestação.

O temor é  que o técnico erre mais do que acerte, se não tiver ninguém para debater com ele. E que quando sair deixe um legado desastroso para o clube.

Preocupação legítima. Em outros times em que esteve recentemente, Luxemburgo teve seus acertos, mas errou muito com contratações caras e que não vingaram. O Palmeiras é um dos exemplos. A equipe fez coleção de atletas trazidos pelo técnico com salários altos e que não funcionaram, como Mozart e Roque Júnior.

Mas não é um problema exclusivo de Luxemburgo. São vários os casos de treinadores que deixaram uma lista de jogadores bem pagos e encostados, depois de terem carta branca para contratar. Até Mano Menezes, idolatrado pelos dirigentes corintianos, deixou seus presentes de grego. O mais emblemático é Souza, para quem o Corinthians ainda paga mais de R$ 100 mil mensais para vestir a camisa do Bahia.

Leia Também