Sábado, 24 de Fevereiro de 2018

MAIOR

Aumento de vagas deve deixar vereadores espremidos

6 DEZ 2010Por Adilson Trindade e Maria Matheus06h:00

Sem espaço para ampliação do prédio, os vereadores ficarão espremidos na Câmara Municipal de Campo Grande a partir de 2013 com a eleição de mais oito integrantes, passando de 21 para 29. A Mesa Diretora terá de adaptar a deficiência estrutural à nova realidade.

O atual presidente da Câmara, vereador Paulo Siufi (PMDB), está preocupado. Não há espaço para construção de gabinetes para abrigar os oito novos vereadores e seus assessores. O plenário da Câmara Municipal, também, vai ficar pequeno. O espaço reservado para populares pode ser reduzido para acomodação das mesas e poltronas.

Leia Também