NA MIRA

Áudios mostram proximidade entre suplente de Demóstenes e Cachoeira

Áudios mostram proximidade entre suplente de Demóstenes e Cachoeira
13/07/2012 05:00 - g1


Conversas telefônicas gravadas pela Polícia Federal (PF) mostram relação entre o bicheiro Carlinhos Cachoeira e Wilder Morais, primeiro-suplente do senador cassado Demóstenes Torres (GO). No áudio de 2011, obtido durante as investigações que levaram Cachoeira à prisão, o bicheiro afirma que foi responsável pela ascenção política de Wilder Morais.

As conversas foram publicadas no jornal "Folha de S.Paulo" de ontem (12). Eis a transcrição:

Cachoeira: Fui eu que te pus na suplência, essa secretaria, fui eu. Você sabe muito bem disso.
Wilder: Carlinhos, deixa eu te falar um negócio procê. Pensa um cara que nunca teria, enfim, encontrado um governo, que nunca teria sido b.... nenhuma, cara. Você tá falando com esse cara.
 

Pelo regimento, Wilder Morais tem até 90 dias para assumir o mandato. Ele não oficializou a posse. A assessoria disse que ele está viajando e que não foi localizado para comentar a denúncia de ligação com Carlinhos Cachoeira.

Wilder Morais é secretário de Infraestrutura de Goiás, primeiro cargo público dele, que é engenheiro e tem uma construtora com sede em Goiânia e filial na Índia. Ele também é ex-marido de Andressa Mendonça, atual mulher de Carlinhos Cachoeira.
 

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".