Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Audiência debate a situação financeira da Cooagri em Dourados

10 FEV 10 - 22h:47
Uma audiência pública está marcada para a sextafeira, no auditório do Fórum de Dourados, para que associados, credores e funcionários da Cooperativa Agropecuária e Industrial (Cooagri) conheçam, oficialmente, a sua situação financeira e o processo de liquidação judicial. O evento começará às 13h30min. A decisão de convocar essa audiência foi do juiz da 2ª Vara Cível, José Carlos Souza, encarregado do processo de liquidação da Cooagri e já informada ao liquidante nomeado, Gilberto Bernardi. A dívida apurada é de aproximadamente R$ 240 milhões, enquanto o seu patrimônio gira em torno de R$ 90 milhões. Como noticiado ontem pelo Correio do Estado, o juiz autorizou, em despacho assinado no começo da noite de segunda-feira, o arrendamento dos 18 armazéns da Cooagri para um grupo de cooperativas agrícolas do Paraná e à trading norte-americana ADM, por R$ 12 milhões pelo prazo de três anos. Com isso, elas já poderiam receber a soja desta safra. Destino Os detalhes do processo de liquidação serão dados pelo juiz do caso, já que é grande o interesse sobre o destino dos bens da Cooagri, então a maior cooperativa agrícola do Estado, com quase quatro mil associados em várias regiões e detentora de uma das maiores infraestruturas de armazéns do Estado. Souza explicou ainda que na sexta-feira os credores poderão habilitar seus créditos ou contestar os números constantes no processo de liquidação – apurados a partir do trabalho de Bernardi, que acumula mais de 20 volumes. (CF)
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Grupo tailandês quer <br> investir no turismo de MS
HOTELARIA

Grupo tailandês quer
investir no turismo de MS

Mente serena
CINCO PERGUNTAS

Mente serena

ECONOMIA

Decreto cria comitê técnico para desenvolvimento do mercado de combustíveis

BRASIL

'Falta apenas ouvir o Queiroz', diz Bolsonaro

Mais Lidas