Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

MAIS RADARES

Atropelamento de animais cai pela metade na BR-262

Atropelamento de animais cai pela metade na BR-262
20/01/2014 00:00 - DA REDAÇÃO


A instalação de radares na BR-262 entre Anastácio e Corumbá é um dos fatores que ajudou a reduzir pela metade o índice de atropelamento de animais. Enquanto estudo oficial concluído em maio de 2012 apontava três bichos mortos a cada dois dias, em 1990 eram quatro mortes por dia. A informação é do jornal Correio do Estado.

Conforme a publicação, hoje, por esse trecho o motorista cruza por ao menos duas dezenas de redutores de velocidade, três vezes mais que os equipamentos instalados ali até cinco anos atrás.

Agora, controla a pesquisa o Instituto Tecnológico de Transportes e Infraestrutura, o ITTI, braço da Universidade Federal do Paraná (UFPR), instituição que desde 2012 desenvolve na BR-262 o Programa de Monitoramento de Atropelamentos de Fauna.

De junho de 2011 a maio de 2012, uma equipe do ITTI atravessou por seguidas vezes a estrada que ruma ao Pantanal, a partir de Anastácio, e apurou que no período 610 animais foram mortos atropelados.

O grupo vai retomar a pesquisa pelo mesmo trajeto, a partir deste mês. A matéria é assinada por Celso Bejarano.

Felpuda


As várias e várias mensagens que vêm sendo trocadas em grupos fechados, e para poucos, são de que algumas alianças poderão acontecer, mas mediante a troca de comando em alguns órgãos importantes. Seriam entendimentos para atender siglas de matizes bem diversos que vêm tentando criar dificuldades para vender facilidades. Se as negociações forem concretizadas, tornarão os caminhos sem muitas barreiras. A conferir.