Quarta, 21 de Fevereiro de 2018

Atrasa início de vacinação contra meningite

16 OUT 2010Por 07h:45

anahi zurutuza

Ainda não está disponível em Mato Grosso do Sul a vacina gratuita contra a meningite do tipo meningocócica C, forma mais grave da doença. A previsão era que as doses já estivessem sendo aplicadas em crianças de 3 meses a 2 anos de idade a partir desta semana. Contudo, segundo a diretora de Vigilância em Saúde, Bernadete Lewandowski, da Secretaria de Estado de Saúde (SES), o carregamento de vacina ainda não enviado pelo Ministério da Saúde a MS.
Bernadete informa, ainda, que não há previsão da chegada das doses. “Mas esse é um problema só do nosso estado”, reitera. O Ministério da Saúde informou, por meio da assessoria de imprensa, que “houve atraso no fornecimento de insumos (gelo seco) necessários para o armazenamento das vacinas no transporte para os estados” e, por isso, as doses ainda não foram enviadas. Contudo, segundo a assessoria do órgão, “a aquisição já foi realizada e a distribuição das vacinas deverá ser regularizada nas próximas semanas”.
Em Mato Grosso do Sul, 41.228 crianças poderão tomar a vacina. A Vigilância em Saúde registrou, este ano, três casos de meningite meningocócica no Estado. Em 2009, 12 pessoas tiveram a doença, sendo que quatro  morreram.

Pneumocócica
Desde março deste ano, a vacina contra meningite pneumocócica é oferecida pela rede pública de saúde. Até então, a imunização não fazia parte do Calendário Nacional de Vacinação e as doses só eram econtradas na rede particular, podendo custar até R$ 200.
Em Campo Grande, a vacina está disponível nas 69 unidades de saúde do município, segundo a chefe do Serviço de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde Pública (Sesau), Erci Harumi Hirota. Ela explica que a Sesau não deve organizar campanha de vacinação. “O pai que quiser vacinar o filho é só procurar um posto de saúde com a carteirinha de vacinação do filho em mãos.”

Meningite
A meningite é uma infecção nas membranas (meninges) que envolvem o cérebro e a medula óssea e pode ser causada por vírus ou bactérias, fungos ou protozoários. Os sintomas mais comuns são dor de cabeça, febre, vômito e rigidez na nuca.

Leia Também