Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Ator morre aos 25 anos vítima de câncer

7 MAR 10 - 07h:36
Com apenas 25 anos o ator Dener Pacheco foi mais uma das vítimas do câncer no Brasil. O ator, que interpretou o personagem Renam em “Caras e bocas”, morreu na madrugada deste sábado, no Rio de Janeiro. De acordo com informações da Central Globo Comunicação e assessoria de imprensa do ator, na quintafeira ele foi internado com fortes dores no abdômen. De acordo autor da novela, Walcyr Carrasco, antes de Dener entrar para trama já havia retirado um tumor da garganta. Nos últimos meses apareceu indícios de metástase da doença em outros órgãos como pulmão e estômago. O catarinense, que morava no Rio desde agosto de 2009, integrou o elenco da novela “Caras e bocas” e contracenou com as atrizes Isabelle Drummont, Sophie Charlotte, entre outras. A trama ficou no ar até janeiro deste ano. Em sua página no twitter, Walcyr Carrasco relembrou as últimas conversas que teve com o ator. “Perguntei ao Dener se era maligno [o câncer] e na época ele não respondeu, julguei que não era. Mas hoje penso que ele já sabia...”, conta. “Durante as gravações teve alguns problemas de saúde, mas não liguei uma coisa à outra”, escreveu Walcyr. O corpo de Pacheco será enterrado hoje, em Tubarão (SC), sua cidade natal. De acordo com a assessoria do ator, a família está muito abalada e não quis se pronunciar.
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Como fazer tiramisú: doce italiano de café com chocolate
RECEITAS

Como fazer tiramisú: doce italiano de café com chocolate

BEM ESTAR

Depois dos 50: os principais erros na alimentação

Após os 50 anos é comum mudar os hábitos alimentares
Costela na panela de pressão é fácil de fazer e leva só 20 minutos
RECEITAS

Costela na panela de pressão é fácil de fazer e leva só 20 minutos

SAÚDE

Bebidas muito quentes aumentam o risco de câncer na boca, língua e esôfago

Estudos indicam que temperaturas acima de 65ºC são perigosas para a boca

Mais Lidas