Terça, 12 de Dezembro de 2017

Libertadores

Atlético-PR supera Sporting nos pênaltis e avança

5 FEV 2014Por Terra23h:21

De forma emocionante na noite desta quarta-feira, o Atlético-PR sofreu muito para evitar a vexaminosa eliminação na fase pré-grupos da Copa Libertadores, mas conseguiu. Contra o Sporting Cristal, do Peru, o time paranaense marcou aos 48min para vencer por 2 a 1 e levar a decisão para os pênaltis. Por fim, venceu por 4 a 3, após três erros do adversários.

O Atlético-PR encontrou dificuldades em superar a marcação do Sporting Cristal desde o começo do jogo, embora tenha se mantido à frente. O jogo só esquentou mesmo aos 19min, quando Zezinho e Balbín se desentenderam em campo e trocaram empurrões. O árbitro Antonio Arias expulsou ambos, deixando os dois times com dez em campo.

Até o final do primeiro tempo, as melhores oportunidades do time brasileiro saíram em duas tentativas seguidas de Marcelo, aos 32min, na qual pegou mal na bola. No segundo tempo, o time finalmente conseguiu aproveitar e abrir o placar. Aos 16min, Mérida cobrou falta em direção a área, e Manoel completou para abrir o placar.

O resultado simples seria suficiente para classificar o time paranaense, mas o alívio durou um minuto. Na jogada seguinte, Calcaterra cruzou na segunda trave para Átila completar para o gol e empatar. Isso complicou a situação do Atlético-PR, que precisaria de mais um gol para levar a decisão para os pênaltis e mais dois para avançar de forma direta.

Aos 21min, Cossio fez falta dura e recebeu o cartão vermelho, deixando o Sporting Cristal com nove em campo. O Atlético-PR partiu para cima e se atirou ao ataque, mas teve problemas novamente para furar a marcação. Mérida errou finalização aos 30min. Marcelo chutou por cima do gol, aos 32min. Aos 43min, o jogador sofreu lesão e deixou o gramado, sem condições. Os dois times estavam novamente em igualdade numérica.

Assim, mesmo com o desespero tomando conta, o Atlético-PR conseguiu marcar. Aos 48min, o árbitro marcou pênalti após toque de mão de Ortiz em meio a bate-rebate dentro da área do Sporting Cristal. Ederson foi para a cobrança e, com muita frieza, colocou com segurança no canto direito do goleiro para levar a decisão para os pênaltis. Após o jogo, o time peruano ainda teve mais um expulso: Ortiz.

Leia Também