Campo Grande - MS, sexta, 17 de agosto de 2018

jogo

Atlético MG vira clássico contra o América

24 ABR 2011Por TERRA17h:05

O Atlético ampliou a vantagem no duelo de semifinal do Campeonato Mineiro ao vencer o América por 3 a 1 na Arena do Jacaré, neste sábado. O resultado foi conseguido de virada, com uma melhora alvinegra ainda no primeiro tempo após a saída de Ricardo Bueno.
Os gols foram anotados por Gabriel, para o Coelho, e depois por Patric, Neto Berola e Serginho, para o Galo. As duas equipes voltam a se enfrentar no próximo fim de semana.
Por ter feito melhor campanha na primeira fase, o Atlético tem a vantagem e pode até perder por dois gols de diferença que se classifica para a decisão.

O primeiro tempo reservou bons lances para América e Atlético. Logo aos dois minutos, Mancini teve ótima chance e ficou cara a cara com Flávio, que conseguiu salvar.
Depois, foi a vez do Coelho responder em boa jogada de Irênio e Fábio Júnior. O meia finalizou por cima da meta de Renan Ribeiro.

Aos oito minutos, o indício de como seria o gol que mexeu no placar pela primeira vez. O capitão americano Gabriel aproveitou cobrança de escanteio mas cabeceou para fora.
Foi de maneira semelhante que o zagueiro marcou aos 22 minutos. Ele subiu mais do que Serginho na primeira trave e desviou para o fundo das redes. Antes disso, os dois times haviam perdido boas chances.

O ritmo do jogo era bom. O América tinha boa organização. O Atlético, por outro lado, irritava a sua torcida com alguns lances, principalmente os protagonizados por Ricardo Bueno. O atacante dominava com dificuldade as bolas, errava lances fáceis e acabou sendo substituído ainda na primeira etapa por Dorival Júnior. Neto Berola ganhou a vaga.

Após a mudança, aos 34 minutos, o Alvinegro apresentou uma melhora que resultou em gol antes do intervalo. Patric recebeu bola pela direita, deu ótimo corte no marcador e finalizou de canhota no alto do gol de Flávio, aos 47 minutos. Na comemoração, o camisa 2 fez sinal de silêncio para a torcida do Galo.


Segundo tempo
A crescente alvinegra continuou na etapa final. Sem Ricardo Bueno, o time ganhou mais dinâmica, velocidade e chegou aos gols.
Mancini quase virou aos quatro minutos. Ele fez boa jogada com Neto Berola e ficou cara a cara com Flávio novamente. Mas a bola caiu para a perna esquerda e ele finalizou para fora.
O gol saiu aos 11 minutos em jogada de escanteio. Leonardo Silva desviou na primeira trave e Neto Berola completou na outra extremidade do gol para virar o placar.

O América encontrou dificuldades para criar jogadas devido ao bom posicionamento defensivo encontrado por Dorival Júnior para o Atlético no segundo tempo.
Aos 24 minutos, foi a vez de Serginho marcar. Neto Berola cruzou da esquerda e a bola foi até Patric, no canto direito da área. O camisa 2 cruzou novamente e Serginho guardou.
A partida caminhou até o fim sem o América conseguir levar perigo para o gol de Renan Ribeiro.

Leia Também