Campo Grande - MS, sábado, 18 de agosto de 2018

HABILIDADE

Atlético massacra Bahia e se classifica às quartas

20 ABR 2011Por TERRA23h:38

Com atuação irrepreensível de Paulo Baier, o Atlético-PR massacrou o Bahia na Arena da Baixada nesta quarta-feira e garantiu classificação às quartas de final da Copa do Brasil com vitória por 5 a 0. O camisa 10 do time curitibano balançou as redes duas vezes e deu assistência para outros dois tentos. No jogo de ida, em Salvador, as equipes haviam empatado por 1 a 1.

Com o resultado, o Atlético-PR aguarda o vencedor do confronto entre Vasco e Náutico, que fazem o jogo de volta no próximo dia 27, em São Januário, no Rio de Janeiro. O time carioca tem ampla vantagem, já que venceu por 3 a 0 no Estádio dos Aflitos, no Recife, e pode perder por até dois gols de diferença. Um 3 a 0 a favor dos pernambucanos leva a decisão para as penalidades.

Já o Bahia tem pouco tempo para se recuperar psicológicamente do amplo resultado. Isso porque neste domingo terá pela frente o clássico com o Vitória, pela semifinal do Campeonato Baiano. A partida de ida está marcada para as 16 horas.

Em campo, o Atlético-PR jogou com a tranquilidade de poder empatar sem gols, já que havia balançado as redes como visitante. No entanto, fez um primeiro tempo arrasador e abriu quatro gols de diferença com Baier, duas vezes, e Rafael Santos e Manoel, aproveitando jogadas do camisa 10. Adaílton, no segundo tempo, complementou a goleada.

O jogo

Para conduzir o Atlético-PR à classificação, Paulo Baier usou sua principal arma: a habilidade na bola parada. Aos 23min, ele cobrou falta com precisão e abriu o placar. Apenas cinco minutos depois, o camisa 10 levantou na área e Manoel subiu para cabecear e estufar as redes mais uma vez. O Bahia permaneceu perdido em campo e, atordoado, levou mais um gol aos 36min: Baier cobrou escanteio e Rafael Santos completou.

Aos 40min, Adaílton invadiu a área do Bahia e acabou derrubado pelo goleiro Omar. O pênalti anotado foi devidamente convertido por Paulo Baier no minuto seguinte. A contagem poderia ter sido ainda maior no primeiro tempo se não fosse uma grande defesa do goleiro do time nordestino nos acréscimos, em cobrança de falta certeira do camisa 10 do Atlético-PR.

A falta de atenção do Bahia causou o quinto gol do dono da casa no início do segundo tempo, aos 6min. Adaílton aproveitou vacilo da zaga, roubou a bola pela esquerda do ataque, invadiu a área e bateu cruzado para ampliar a goleada. Com o placar praticamente decidido, o time passou a tocar a bola e administrar o resultado.

O Bahia, que pouco criou durante todo o confronto em Curitiba, só foi ter chance realmente perigosa aos 33min do segundo tempo, mas Renan Rocha defendeu após bola alçada na área do Atlético-PR. Com tranquilidade, o time da casa confirmou o grande resultado e a classificação as quartas de final da Copa do Brasil.

Leia Também