Domingo, 25 de Fevereiro de 2018

CADEIRA DE RODAS

Atleta paraolímpica volta a andar após 13 anos

25 DEZ 2010Por R710h:00

Vice-campeão olímpica em Pequim-2008, a holandesa Monique Van der Vorst surpreendeu o mundo esportivo ao se recuperar da lesão e voltar a andar após 13 anos paraplégica.

- [Competir] Era como uma paixão. É difícil porque agora preciso encontrar um novo propósito para viver. Isso me deu grande auto-estima. Aprendi a pensar em possibilidades, e não em limitações. Realmente não posso mais correr, mas existem várias coisas que poderei fazer em lugar disso. Eu era independente. Pude correr, dirigir, voar. Eu tive uma boa vida.

Ainda adolescente, ela perdeu os movimentos das pernas em um acidente quando tinha apenas 13 anos de idade. Desde então, Monique se dedicou aos treinamentos que a fizeram conquistar duas medalhas em Pequim.

Por mais absurdo que possa parecer, a holandesa treinava em março deste ano já pensando na Paraolímpiada de Londres-2012, quando foi atropelada por outro ciclista. Após o acidente, a atleta relatou que seus dedos voltaram a formigar.

Com nove meses de intensa fisioterapia, Van der Vorst voltou a ficar de pé e caminhar sem ajuda pela primeira vez em 13 anos.

Sem poder andar de bicicleta adaptada, ela projeta agora vencer uma prova de Triatlo, feito que conseguiu enquanto paraplégica, mas desta vez andando sobre os próprios pés. 

- Será um sonho para mim conseguir disputar a prova como uma atleta capacitada para isso.

Leia Também