Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

BRASIL

Atividade industrial está em recuperação

Atividade industrial está em recuperação
14/03/2011 18:19 - agência brasil


A atividade industrial continua moderada em 2011. Segundo dados divulgados hoje (14) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), o nível de utilização da capacidade instalada (UCI) dessazonalizada, em janeiro, foi de 82,6 % contra 82,4% registrados em dezembro do ano passado. Quando comparada a janeiro do ano anterior, a utilização do parque instalado cresceu 1,4 ponto percentual. Nos resultados dessazonalizados, foram descontados os efeitos do Natal, quando a demanda é maior.

No faturamento real, os índices foram negativos. O percentual de janeiro foi 1,3% menor que o de dezembro. Esta é a segunda queda registrada na base comparativa com o mês anterior. As horas trabalhadas expandiram 0,6%. Mesmo com o número positivo, o número é 3,3% menor do que o registrado no período pré-crise, em setembro de 2008. Quando comparado ao mesmo mês de 2010, o crescimento foi de 3,7%.

O emprego expandiu 0,2% em janeiro, frente o mês anterior. O número mostra aumento da contratação mesmo com a atividade industrial em ritmo moderado. A massa salarial real do segmento industrial apresentou queda de 15% em janeiro ante o mês anterior, sem ajuste sazonal. Segundo a CNI, o recuo é normal para a época do ano. Os segmentos com alta superior a 7% são equipamentos de transporte, papel e celulose, produtos de metal, máquinas e equipamentos e madeira.

De acordo com a CNI, dos 19 setores pesquisados, em 12 deles o emprego teve aumento maior que a média da indústria de transformação. O segmento de veículos automotores e máquinas e equipamentos teve maior destaque, com aumento de 9,6%, seguido por metalúrgica básica e outros equipamentos de transporte, com expansão de 8,9%.

Felpuda


Em uma das eleições em MS, candidato já oficializado na convenção corria o trecho para conquistar os eleitores. Mal sabia, porém, que time do seu partido e de aliados estava tramando sua derrubada para emplacar substituto que teria mais votos. Por muito pouco, o dito-cujo não foi guilhotinado, conseguindo salvar o pescoço. Agora tudo indica que o mesmo processo estaria em andamento e seria mais fácil, pois a “vítima” desta vez ainda é só pré-candidato. Dizem que a “turma da trairagem” tem know-now no assunto.