Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

IRAQUE

Ataques de carros-bomba deixa ao menos nove mortos em Bagdá

12 JAN 14 - 19h:00FOLHA PRESS

Pelo menos nove pessoas morreram e outras 25 ficaram feridas neste domingo em dois atentados envolvendo carros-bomba que ocorreram em Bagdá.

Um dos ataques aconteceu em uma rodoferroviária próxima de um centro de recrutamento do Exército e teve como alvo uma plataforma da qual partem veículos rumo a regiões do país com maioria alauita (um braço do islã xiita). Cinco morreram. Houve incêndio e vários veículos foram destruídos.

O segundo ataque ocorreu perto da praça Aden, no distrito de Kadhimiya, de maioria xiita, no norte de Bagdá. Quatro morreram.

Em outros ataques registrados no resto do país, uma pessoa morreu e quatro ficaram feridas na explosão de uma bomba caseira na província de Diyala, a nordeste de Bagdá.

Já na cidade de Bikhi, ao norte da capital, um oficial da polícia foi morto por homens armados. Além disso, um jornalista e seu motorista ficaram gravemente feridos por causa da explosãode uma bomba colocada em seu carro, no campus da Universidade de Mossul (a 400 km de Bagdá). 

O Iraque sofre um aumento dos casos de violência étnica e dos atentados terroristas, que causaram em 2013 a morte de 8.868 pessoas, das quais 7.818 eram civis, segundo números da ONU.

Os EUA já anunciaram que acelerarão o envio de aviões não tripulados (drones) e que estudam o envio de mísseis Hellfire ao país ainda neste ano.
 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Confira o seu astral para esta quinta-feira
OSCAR QUIROGA

Confira o seu astral para esta quinta-feira

PRÓXIMA SEMANA

Brasil fica de fora de discursos em Cúpula do Clima da ONU

CORREIO DO ESTADO

Confira o editorial desta quinta-feira: "Educação e respeito"

ARTIGO

Paulo Corrêa: "PEC paralela mobilizou parlamentares estaduais"

Presidente da Assembleia Legislativa de MS

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião