Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

Atacado por tubarão, médico costura os próprios pontos e vai beber cerveja

Atacado por tubarão, médico costura os próprios pontos e vai beber cerveja
28/01/2014 18:51 - Terra


Um médico da Nova Zelândia precisou de bastante coragem e frieza para sobreviver a um ataque de tubarão e ainda beber uma cerveja após o incidente. De acordo com a agência AFP, James Grant estava fazendo uma pesca submarina no último sábado em Colac Bay, na ilha Sul, quando foi atacado na perna pelo animal.

Grant, 24 anos, disse que não conseguiu ter uma boa visão do tubarão, mas a natureza de seus ferimentos indica que pode se tratar de um cação-bruxa, tubarão que atinge cerca de dois metros na vida adulta.

No início, o médico achou que tinha sido alvo de uma brincadeira dos amigos que pescavam com ele. Até que percebeu se tratar de uma mordida do animal. Grant tentou chamar a atenção dos colegas, mas eles achavam que se tratava de uma brincadeira.

“Eu meio que tive que lutar para afastar o tubarão. Ele foi atingido algumas vezes. A faca não era suficientemente grande, no entanto”, explicou à Fairfax Media. Depois de se livrar do animal, Grant nadou até a costa e costurou os pontos usando um kit de primeiros-socorros que mantinha em seu carro.

Ele e seus amigos deixaram então o local e foram até um bar próximo, onde Grant ganhou uma cerveja e um curativo para aplicar na perna, já que o sangue estava escorrendo no chão. O neozelandês ainda brincou com o fato, dizendo que teria sido legal matar o tubarão, já que havia uma competição de pesca no pub.

O curativo foi finalizado pouco depois, no Southland Hospital, onde ele se apresentou normalmente para trabalhar na segunda-feira.

Felpuda


Nos bastidores poderosos, comentários são de que dois pretensos pré-candidatos estão deixando em polvorosa quem tinha quase certeza de que tudo estava em total “céu de brigadeiro”. Assim, enquanto ambos se movimentam aqui e acolá, o lado de lá está pensando no que fazer para evitar futuro confronto. Vale ressaltar que a dupla tem experiência que só no campo de guerra das eleições – e o desempenho não ficou a desejar.